Visualizar CV

(PDF 75kb)


ângelo ferreira de sousa    [Porto, 1975]

Licenciou-se em artes plásticas (pintura) na Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto. Membro fundador do espaço Caldeira 213 (1999/2002).
Artista residente em Hangar, Barcelona. E bolseiro da mesma instituição em mais duas residências: Marselha (Triangle - France) e em Roterdão (Duende Studios). Bolseiro do governo da Catalunha no projeto "Schengen sem esforço". Artista residente no espaço The Window, Paris, dirigido por Catherine Baÿ.
Tem trabalhado como tradutor literário para diversas editoras, entre as quais: Relógio d'Água, Cotovia, Combate, etc. É membro da companhia de teatro Artistas Unidos (Lisboa), enquanto tradutor.

Tem exposto regularmente desde 1996.
De entre as suas exposições individuais mais relevantes destacam-se:

Que Fazer? - Sismógrafo, Porto, 2016-17 ; Orange - Rosalux, Berlim, 2016 ; Bibliothèque Trouvée - The Window, Paris, 2013 ; Squamata - Banco Central, Rio de Janeiro, 2012 ; Walhalla - performance - Berlim e Kassel, 2012 ; Praça do Anjo I a VII, com Carla Cruz - Porto, 2007-18 ; Biblioteca Pública - EspaiDos, Terrassa, 2010 ; Fox Power 800 - MEWS, Londres, 2010; Biblioteca - Galeria Plumba, Porto, 2008 ; Passage des Panoramas - Lacosa, Barcelona, 2007; Intelligence Services - Milão, 2005 ; 70X7 - performance - Museu Vostell, Cáceres, 2005 ; Napoleón avait-il lʼaccent corse? - Galeria RLBQ, Marselha, 2003 ; Digna-se estar presente - Galeria GL Box, Porto, 2002 ; Ainda há fronteiras? - Museu Teixeira Lopes, V.N. Gaia, 1996

Participou em dezenas de coletivas, de entre as quais:

Reality Machines - CRASSH, University of Cambridge, 2018 ; Já reparaste como o ponto de interrogação... - Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa, 2016 ; Gramáticas Flexíveis - Casa das Artes, Porto, 2015 ; Devido à chuva a revolução foi adiada - Plataforma Revólver, Lisboa, 2014 ; Proyector 13 e 17 - Madrid, 2013/17 ; A partir de mañana, todo - Centro de Cultura Digital - México, 2012 ; Dig-Dig - Plataforma Revólver, Lisboa, 2012 ; Problemas de tipo griego - Fundación Bilbaoarte, País Basco, 2012 ; AMIW - VBKÖ, Viena, 2011 ; Biennal dʼArt Contemporain - Rennes, 2010 ; 2nd Layer - Spike Island, Bristol, 2008 ; Crosstalk video art - Budapeste, 2008 ; Espontani - Centre d'Art de Santa Mònica, Barcelona, 2007 ; Pan-carta - Lugar a Dudas, Cali, Colômbia, 2007 ; Busca-Pólos - Guimarães e Coimbra, 2006 ; Alrededor de todos juntos - Galeria ProjectSD, Barcelona, 2006 ; Arte_facto - Montevideu, Uruguai, 2005 ; Quartel - Porto, 2004 ; Exploracions - Centre d'Art La Capella, Barcelona, 2003 ; En sus trece - Galeria ADN, Barcelona, 2003 ; Solstitium - Villa Arson, Nice, 2003 ; Eastern - Zonafranca, Rio de Janeiro, Brasil, 2001 ; Arte Público - Museu de Serralves (Biblioteca), 2001 ; Vias de extinção - Museu da Água, Lisboa, 2000

Integrou o livro “Posição 2007 – Propostas da Arte Portuguesa”, editado por Miguel von Hafe Pérez
(Público/ Museu de Serralves, Porto).

Atualmente vive e trabalha entre Paris, Barcelona e o Porto.

afsousa@gmail.com

Webmaster © gabesgraphic.com